Helmut Marko, chefe da Red Bull, indignado com o incidente entre Max Verstappen e Esteban Ocon, fez uma grave acusação contra o piloto da Force India depois

Verstappen condenado a dois dias de trabalho comunitário por empurrar outro piloto

O holandês Max Verstappen (Red Bull) foi sancionado com dois dias de trabalho comunitário pela Federação Internacional do Automóvel (FIA), depois de ter empurrado o francês Esteban Ocon, após o Grande Prémio do Brasil de Fórmula 1.

F1: Em punição incomum, Verstappen terá de prestar serviços comunitários por agressão

A punição, rara no universo da Fórmula 1, foi decidida pelos comissários da prova

Jornal da Madeira, notícias da Madeira

Este é o quinto campeonato consecutivo ganho pela equipa dos ‘flecha de prata', que têm monopolizado a modalidade desde o início da era híbrida, em 2014.