Câmeras de shopping flagram encontro de suspeitos da morte do jogador Daniel

Imagens mostram o encontro entre a família Brittes e outros três homens, dois dias depois do crime. O corpo de Daniel foi encontrado em uma área rural de São José dos Pinhais.

Daniel citou "coroa dormindo" e ausência de marido em áudio enviado a amigo Daniel citou "coroa dormindo" e ausência de marido em áudio enviado a amigo

Pela primeira vez desde o assassinato de Daniel Corrêa, veio a público neste domingo (11) um áudio gravado pelo jogador na manhã de sua morte, no dia 27 de...

5 contradições do caso Daniel apontadas pela polícia

A investigação da morte do jogador de futebol Daniel Corrêa Freitas, de 24 anos, apresenta algumas contradiçõe, segundo a Polícia Civil. Leia na Gazeta do Povo.

Polícia Civil e Ministério Público confirmou o novo fato, que foi ocorrido por Edison Brittes Júnior, que confessou à polícia ter matado o jogador, naquela noite de sábado

Assistir ao vivo: Ceará x Internacional, saiba onde acompanhar a partida de futebol ao vivo e pela internet ⋆ Diário Prime - Loterias e Notícias!

Caso Daniel: Suspeito usou celular de homem morto pra dar pêsames - Futebol - iG

Edison Brittes, suspeito da morte do jogador Daniel, usou o celular de homem assassinado em 2016 para dar os pêsames à família de Daniel, confira aqui:

Caso Daniel: Suspeito de matar jogador deu os pêsames à família usando celular de homem assassinado em 2016, diz MP - NF Notícias Caso Daniel: Suspeito de matar jogador deu os pêsames à família usando celular de homem assassinado em 2016, diz MP - NF Notícias

Edison Brittes Júnior confessou à polícia ter matado o jogador; o empresário, a filha e a esposa, além de outros três suspeitos de participarem do crime estão presos.

Notîcias em Tempo Real de Rondônia, do Brasil e do Mundo!

Caso Daniel: suspeito usou celular de homem morto em 2016 para dar pêsames à família

Novas informações foram dadas pelo promotor de Justiça do Ministério Público do Paraná, João Milton Sales.

Descontrolado Edison Brittes sentenciou Daniel à morte após ver fotos

A ideia segundo testemunhas era deixar o jogador nu no meio da rua mas empresário o matou

Suspeito disse que Edison Brittes afirmou que mataria Daniel após ver algo no celular

Um dos suspeitos de participação no assassinato do jogador Daniel, David William da Silva, disse que  Edison Brittes Junior, o Juninho Riqueza, afirmou que mataria Daniel depois de ver alguma coisa em um telefone celular que pertenceria à sua mulher, Cristina Brittes.